Imageamento de curto tempo de integração

Imageamento de curto tempo de integração

Imageamento de curto tempo de integração

O que é imageamento de curto tempo de integração?

O imageamento a laser sincronizado com curto tempo de integração (ou exposição) permite a captura de imagens a longa distância através de nuvens de partículas de aerossóis como névoa, fumaça, neblina ou poeira. Um laser pulsado é usado para iluminar o alvo, e uma câmera sincronizada (com o laser) detecta os fótons refletidos.

O curto tempo de exposição da câmera é atrasado em relação ao laser pulsado e, consequentemente, apenas os fótons refletidos a partir do alvo são usados na imagem. O curto tempo de integração, em conjunto com a curta duração do laser pulsado, resulta em uma imagem com melhor resolução de profundidade.

Para que o imageamento de curto tempo de integração é usado?

Observamos que o imageamento de curto tempo de integração é normalmente usado em sistemas de identificação de longo alcance no setor de defesa. Lasers seguros para os olhos e indetectáveis na banda SWIR (normalmente em torno de 1,55 µm) têm preferência sobre sistemas mais comuns com base em lasers de infravermelho próximo e tecnologia CMOS.

Isso faz das câmeras SWIR InGaAs a escolha ideal em conjunto com uma fonte de laser de 1,55 µm. Lasers seguros para os olhos com grande potência ou grande energia de pulso podem ser usados para identificação de alvos a distâncias maiores, sem colocar em risco os usuários, por exemplo, durante exercícios de treinamento. Além disso, esses lasers são indetectáveis em câmeras CMOS, CCD ou baseadas em intensificadores de imagens.

O que oferecemos?

Para imageamento de curto tempo de integração, oferecemos nossa Bobcat-320-Gated. Ela é uma câmera SWIR pequena não refrigerada com tempo de integração de 80 ns. Este tempo de exposição extremamente curto resulta em melhor resolução de profundidade ao detectar o pulso de laser refletido. Como a sensibilidade da câmera em exposições curtas é importante, o ruído de leitura é muito baixo.

Nossa Bobcat-320-Gated tem relação sinal-ruído de aproximadamente 55 dB. Isso resulta em excelente qualidade de imagem e leva a uma câmera SWIR que é ideal para o imageamento de curto tempo de integração.

Que recursos são necessários?

  • Baixo ruído de leitura
    O baixo ruído de leitura resulta em alta sensibilidade para sinais de baixa luminosidade
  • Curto tempo de exposição
    O curto tempo de exposição inferior a 100 nanossegundos garante uma boa resolução de profundidade em sistemas de imageamento a laser sincronizado
  • Faixa de comprimento de onda SWIR
    Os detectores SWIR InGaAs trabalham na banda SWIR de 0,9 a 1,7 μm. Como a maioria dos lasers é otimizada para trabalhar a 1,55 µm, a câmera deve ter uma elevada Eficiência Quântica em torno dessa área
  • Interface de disparo com baixa instabilidade
    Uma interface de disparo com baixa instabilidade é essencial se a câmera SWIR precisar ser sincronizada com o feixe de laser

Are you looking for more information? 

Let us know. We are happy to help.

Contact us

Documentos

Comunicados de imprensa
Xenics at BiOS and Photonics West 2012: Introducing our XFPA-1.7-640-LN2 and Bobcat-320-Gated Introducing our lowest noise SWIR detector XFPA-1.7-640-LN2 and ultra-short integration time Bobcat-320-Gated at BiOS and Photonics West (2012)

Versatile infrared analysis and reporting software

The Xeneth user interface is common to all the Xenics cameras. This makes it easy for customers to apply their familiarity with this comprehensive product to any new applications, covering wide ranging capabilities in various parts of the IR spectrum.

Learn it once and apply it over and over again.

Karl Niedermeyer, President, Spectro Associates, Inc.